Portal Espirita
 
   Portal Espirita L.E.M.A.
    Legião Espiritual e Material de Ajuda
    Desde Janeiro de 2000

 


Membros
      Mapa   Mapa
 Dicionario Espirita :
Indice
Inicio
Contato Interno
lbum de encontros
Comunidade MSN
Autor
Oratrio
Grupo de orao
Rdio
Radio Espirita

Radio em nova janela
 
Livros p/ Download

Livros Download 

INDICE DE SEES
: : Transio planetria
: : Filmes Espiritualistas
: : Casas espiritas
: : Livros espiritas
: : Temas
: : Curisosidades
: : Especiais
: : Estudo de Casos
: : Relatos
: : Colunistas
Portal Espirita
 



 

                                                                      F

 

Fbula do latim fabula ou fabella, - Estria de carter popular ou artstico. Narrao breve de cunho imaginrio e alegrico, em que tradicionalmente animais protagonizam lies de vida.

Factual do latim factu + -al - Relativo a, ou que se fundamenta em fatos. Estudo de fatos.Variante: fatual.

Faculdade do latim facultate - Capacidade ou poder de fazer alguma coisa. Aptido inata; disposio, tendncia, talento, dom. Liberdade de ao, consentimento, licena, permisso. Direito, privilgio. Escola de nvel superior.

Falange do grego phlagx, pelo latim phalange - Conjunto de Espritos sob a mesma direo e com idnticos objetivos.

Falso do latim falsu - Contrrio realidade. Fictcio, enganoso, infundado, inexato.

Falsos Profetas - so os que pregam uma moral que no praticam.

Fantico do latim fanaticu - Aquele que se julga iluminado, inspirado por uma divindade. Intolerante ideolgico ou religioso.

Fatal do latim fatale - Que tem de ser; determinado; irrevogvel, inevitvel. Final, improrrogvel. Desastroso, nocivo; funesto, mortal, letal.

Fantasma -do gr. phantasma. Esprito desencarnado que se apresenta aos encarnados.

Fantasmagoria - Falsa aparncia, arte de criar figuras e iluses para impressionar a outrem.

Fascinao ou fascnio
-do latim: - fascinatio - enfeitiamento. Um dos processos de obsesso espiritual onde a vtima se deixa enlevar por falsos predicados que no possui e que lhe so atribudos pelo obsessor.
Fascinado - O que se deixa fascinar.

Fatalidade ou fatalismo -do latim: fatalitatis - caso fortuito. Acontecimento funesto, supostamente inevitvel. Destino.

Fatalismo do latim fatale + -ismo - Corrente filosfica segundo a qual as coisas esto predeterminadas e se produziro, apesar do esforo contrrio da inteligncia e da vontade. Observao: o Espiritismo no se vincula a tal modo de ver e interpretar os fatos da vida. Ver: Livre-arbtrio.

Fatdico -do latim: fatidicus. Trgico, predestinado. O que teria que acontecer. Segundo a crena, previsto pela fatalidade.

FCU - Forma antiga, abreviada de "fluido csmico universal". Conceito errneo que se refere energia csmica, em expanso, amorfa, que compe o Universo e que se constitui no fundamento da existncia de tudo o que exista no domnio fsico, dito material. No se trata de nenhum fluido, motivo por qual este conceito considerado falso e inaceitvel. Seu uso denota desatualizao cientfica e falta de conhecimento.

Fato do latim factu - Ao; coisa feita; acontecimento. Aquilo que real; evidente.

F do latim fide - Crena religiosa. Atitude mental que consiste em crer, implicando habitualmente em compromisso prtico. Convico; crdito na existncia de certo fato. Asseverao de algum fato. Para a Doutrina Esprita, a f precisa ser atitude racional, lgica, de acreditar porque compreende.

Feiticeiro -de feitio. O que se envolve com trabalhos de fascnio. Fazedor de feitio.

Felonia do francs flonie - Deslealdade; traio. Crueldade; ferocidade.

Fenmeno do latim phaenomenon - Tudo o que impressiona os sentidos humanos ou a conscincia. Prodgio; aquilo que raro e surpreendente. Tudo o que possua caracterstica de anormal ou de extraordinrio.

Fenmenos anmicos - So aqueles que s dependem do dote do sensitivo, encarnado, e de suas energias biopsquicas. Tambm so ditos fenmenos psquicos.

Fenmenos espirticos - Tambm chamados medinicos. Produzidos por desencarnados.

Fenmenos medinicos
- Assim chamados porque dependem de um intermedirio, encarnado, para servir de modo de comunicao com o desencarnado. So os que se caracterizam pela presena de uma Entidade espiritual no encarnada.

Fenmenos metanmicos - O mesmo que fenmenos medinicos, ou seja que transcendem aos anmicos.

Fenmenos paranormais - So os que fogem ao domnio das cincias clssicas e envolvem um influncia psquica ou uma atuao espiritual e que, como tal, no se consideram anormais.

Fenmenos parapsquicos - Nome dado aos fenmenos que fogem condio psquica do encarnado. O mesmo que fenmeno medinico.

Ferrenho do latim ferrignu - Duro; que no cede; inflexvel; intransigente.

Fetiche -galicismo. Objeto manipulado por trabalhos medinicos com o fito de servir de referncia, de amuleto, de talism para quem o use. Coisa natural qual se atribua poderes paranormais ou sobrenaturais. Vodu.

Fetichismo - Culto a certos objetos inanimados, com a crena de que os espritos a eles se ligam, passando a represent-los. Ver: Amuleto; Talism.

Fico do latim fictione - Ato ou efeito de simular, fingir, mentir. Imaginrio, fantasia, inveno, criao. Narrativa que inventa; termo usado geralmente como sinnimo de prosa.

Ficha crmica - Onde se registra na Espiritualidade a contabilidade das aes de cada Esprito, com os seus crditos e dbitos existenciais. O mesmo que registro(s aksico(s.

Figa -do italiano - fica - do ficus. Amuleto com o formato de mo fechada tendo o polegar entre o indicador e o mdio, feito inicialmente de caule de pequeno galho do ficus. Sinal idntico feito com a prpria mo, no caso de esconjuros.

Filiao do latim filiatione - Ato ou efeito de filiar. Designao dos pais de algum. Ascendncia de superior para inferior. Origem; procedncia.

Filosofia do latim philosophia - Estudo que, tomando o homem como o centro de suas cogitaes, busca a compreenso da realidade, procurando apreend-la na sua totalidade, da essncia e natureza das coisas, dos valores e princpios da existncia, conduta e ao destino humano.

Finado -do latim: fines - o fim. Desencarnado, morto, falecido, trespassado.

Finalismo do latim finale + -ismo - Doutrina filosfica que sustenta que, na natureza, nada se faz em vo, que todo o ser tem um fim.

Fio prateado - O mesmo que cordo fludico.

Firmar do latim firmare - Tornar firme; fixar; estabilizar. Abonar, afianar. Sancionar; assinar; confirmar; ratificar. Assentar com segurana; apoiar; suster; amparar. Combinar, estabelecer, pactuar. Inscrever; gravar. Basear, fundamentar.

Fixao mental - Obsesso de si mesmo, auto-obsesso.

Fludico do latim fluid(u + -ico - Relativo ou semelhante a fluido. Etrico ou impondervel. Ver: Fluido.

Fluido do latim fluidu - Fludico. Diz-se das substncias lquidas ou gasosas. Que corre ou se expande maneira de um lquido ou gs. As emanaes energticas ou alteraes do Fluido Universal, trabalhadas em um processo orgnico ou perispiritual. Ver: Eflvio, Fludico, Fluido universal, Fluido vital.

Fluido csmico - Ver: Fluido universal.

Fluido csmico universal - Elemento primrio na formao de toda a matria, dele que so derivados todos os elementos conhecidos. O mesmo que fluido universal.

Fluido universal - Plasma divino, hausto do Criador, elemento primordial em que vibram e vivem constelaes e sis, mundos e seres. o princpio material do universo, do qual se derivam todas as coisas materiais mediante alteraes e combinaes ainda insondveis. As matrias derivadas do fluido universal apresentam-se nos estados slido, lquido, gasoso e no estado fludico propriamente dito, tambm chamado de fluido espiritual, tanto que, enquanto os trs primeiros podem ser manipulados pela mo do homem, o ltimo sensvel ao poder do pensamento e da vontade dos Espritos.

Fluido vital - Princpio orgnico extrado do fluido universal, com a propriedade de animar todos os seres vivos, e que retorna ao depsito da natureza quando do processo de morte biolgica.

Fluidoterapia do latim e do grego, respectivamente: fluidu + therapea - o tratamento feito com fluidos: passes, irradiao, gua magnetizada.

Fobia da raiz grega phob < phobomai + -ia - Designao dada s diversas espcies de medo mrbido. Averso, horror instintivo e irreprimvel a alguma coisa.

Fogo ftuo - Emanao ectoplsmica de um cadver que, noite ou no escuro, visvel, pela luminosidade provocada com a queima do fsforo ectoplsmico em presena do oxignio atmosfrico. O fogo ftuo uma demonstrao de que um cadver animal libera ectoplasma

Folclore do ingls folk-lore - Conhecimento do povo, saber popular; tradies e crenas expressas em provrbios, contos, canes, lendas e costumes.

Fonstica -italianismo. Estudo da mediunidade psicofnica. Correlao com a psicografia e a tiptologia.
Fonte de energia - Ponto, local, coisa ou elemento capaz de gerar energia sob ao de um agente qualquer. A mente uma fonte de energia psquica. Para que ela funciona torna-se necessrio que haja um agente atuante, no caso, o esprito da pessoa. De onde brota a energia.

Fora -do latim: fortia. Agente mecnico capaz de produzir ou gerar trabalho e/ou modificar a condio de movimento de um corpo. O termo empregado para definir fora mental, fora psquica, como sendo as respectivas capacidades de atuarem no meio fsico.

Fora mental - Poder do pensamento que pode atuar no meio fsico.

Fora psquica - Atributo do Esprito encarnado que representa seu domnio sob as coisas.

Formas-pensamento - So as idias projetadas pela mente humana e materializadas no mundo espiritual, construes substanciais na esfera da alma que se mantm pela fora de sustentao de nossos pensamentos. Ver: Ideoplastia e Imagens-molde.

formulao de conceitos e de relacionamentos lgicos.

Foto kirlian - ver kirliangrafia.

Frameworkes - Termo ingls correspondente idia dos agentes estruturadores.

Fratricida do latim fratricida - Relativo a guerras civis. Quem assassina irmo ou irm.

Fraude -do latim: fraudtio - engano oculto. Prtica enganosa de um fenmeno. Falsificao ou adulterao com intuito de iludir ou enganar.

Frvolo do latim frivolu - Sem importncia, insignificante, Ftil, leviano.

Ftil do latim futile - Que tem pouco ou nenhum valor; insignificante. Frvolo; vo.


 Comentários (Total: 2 )

Em relação aos fenômenos, faltou relacionar os fenômenos, p.e. psicografia e etc, relacionando o que é.
Celso Q. Corrêa
São Paulo-SP


Oi, eu assisti a um filme que conta a historia de um menino com cancer e que tem toda uma experiencia, com seu espirito  fora do corpo e alguma coisa esperança o nome do menino e julian se nao me engano se alguem souber o nome eu agradeceria de coraçao so me lembro de alguma coisa e esperança no nome. bjao pra todos

Caros irmos, a partir de 30/10/10 novo sistema de comentarios.


   Visitas: 55623
Comentrios: 0
Envio: 30Set201120:10
Autor(a): admin
Cmara aprova Dia Nacional do Espiritismo
   Visitas: 52143
Comentrios: 0
Envio: 27Jul201116:31
Autor(a): admin
   Visitas: 102414
Comentrios: 41
Envio: 30Set200815:17
Autor(a): admin
Deus no te Fez para sofrer!
   Visitas: 106832
Comentrios: 63
Envio: 28 Dez 2007 11:00
Autor(a): admin
Eu fiz 5 mil abortos - Aborto
   Visitas: 85888
Comentrios: 24
Envio: 19 Mar 2007 18:43
Autor(a): admin
Como doar sem ter?
   Visitas: 94330
Comentrios: 66
Envio: 25 Out 2006 15:20
Autor(a): admin
Sem aceitar o sofrimento, no encontramos a felicidade
   Visitas: 126018
Comentrios: 149
Envio: 9 Abr 2006 13:25
Autor(a): admin
Suicidio
   Visitas: 117220
Comentrios: 53
Envio: 7 Abr 2006 16:53
Autor(a): admin
Planejamento Reencarnatrio
   Visitas: 93562
Comentrios: 6
Envio: 24 Fev 2006 15:49
Autor(a): admin
Recriando o paraiso na terra
   Visitas: 132014
Comentrios: 69
Envio: 20 Fev 2006 10:35
Autor(a): admin
Introduo
   Visitas: 112948
Comentrios: 77
Envio: 19 Fev 2006 20:52
Autor(a): admin
Mensagem de Ashtar Sheran Terra
   Visitas: 105625
Comentrios: 62
Envio: 19 Fev 2006 20:39
Autor(a): admin
As contradies da Biblia
   Visitas: 55623
Comentrios: 0
Envio: 30Set201120:10
Autor(a): admin
Cmara aprova Dia Nacional do Espiritismo
   Visitas: 52143
Comentrios: 0
Envio: 27Jul201116:31
Autor(a): admin
   Visitas: 102414
Comentrios: 41
Envio: 30Set200815:17
Autor(a): admin
Deus no te Fez para sofrer!
   Visitas: 94165
Comentrios: 14
Envio: 21 Apr 2008 11:04
Autor(a): admin
Porque pais matam filhos
   Visitas: 74884
Comentrios: 12
Envio: 22 Dez 2007 05:31
Autor(a): admin
Florilgio Natalino
   Visitas: 108544
Comentrios: 66
Envio: 5Nov200609:42
Autor(a): admin
Evangelho no lar
   Visitas: 113473
Comentrios: 52
Envio: 4 Nov 2006 08:50
Autor(a): admin
Tragdias coletivas: por qu?
   Visitas: 80807
Comentrios: 15
Envio: 21 Jun 2006 23:28
Autor(a): admin
Doena - como enfrentar?
   Visitas: 84947
Comentrios: 13
Envio: 28 Mai 2006 19:34
Autor(a): admin
Divulgao da doutrina - O Dever da Propagao
   Visitas: 86910
Comentrios: 39
Envio: 19 Abr 2006 17:52
Autor(a): admin
Carinho, Porque e quanto pagar por ele?
   Visitas: 93049
Comentrios: 28
Envio: 24 Fev 2006 18:11
Autor(a): admin
A dor de Jesus
   Visitas: 86966
Comentrios: 11
Envio: 20 Fev 2006 11:25
Autor(a): admin
Splica
   Visitas: 83349
Comentrios: 9
Envio: 20 Fev 2006 11:23
Autor(a): admin
T me capturaste, Senhor
   Visitas: 18296
Comentrios: 15
Envio: 30?Jan?2006?23:37
Autor(a): admin
Sananda: Sua histria atravs de Ashtar Sheran e Athena