Portal Espirita
 
   Portal Espirita L.E.M.A.
    Legião Espiritual e Material de Ajuda
    Desde Janeiro de 2000

 


Membros
      Mapa   Mapa
 

No nossa inteno dar-vos conselhos de qualquer gnero. Mas a vossa mentalidade se acha atrasada, malgrado todo o avano da cincia, e ns apenas desejamos guiar-vos por um caminho mais concreto. Os programas de ensino nas Escolas esto sobrecarregados de teorias e de esquemas h muito tempo superados. Um incompreensvel apego as coisas velhas e empoeiradas vos impede de libertar-vos com um ato de magnanimidade, pois vos falta a coragem para escolher uma nova e verdadeira diretriz.

Cientistas e professores hoje reconhecem os erros cometidos por seus predecessores, mas so considerados apenas precursores. Tendes imensas bibliotecas repletas de livros impressos em todos os idiomas, mas ningum se acha autorizado ou mesmo habilitado para eliminar um s volume com inuteis fantasias ou estultacias escritas com evidente intuito de por-se em evidencia.

Com presuno academica, os proprios homens se subdividem em classes e graus, dando prudentemente as Academias o posto de honra. Nossos olhos, porem, penetram em tudo e leem em todos os coraes, conhecem todos os manuscritos privados, veem vossas figuras pornograficas e os produtos dessa gente que, diante da publicidade, se disfara com varias mascaras, para esconder a sua verdadeira face que, sem isso, horrorizaria o povo.

Ao contrario, nos honramos os homens virtuosos e recompensamos seu trabalho. Bem sabemos quanto se esforcam e se afadigam! Entre estes ha tambem idealistas dignos de todo o respeito. Ns discernimos o que em verdade representa o bem. Entretanto, a ciencia geralmente se divide em duas direes: uma justa e boa, outra maldosa e terrivelmente obscura.

Vs, laureados, como vos chamais, jurastes acreditar somente no que preparado na Universidade como matria de ensino. Ningum deve colocar-se contra essa tradio ou costume, sob pena de ser apontado como herege da ciencia, proscrito e eliminado.

Todo estudante que passou nos exames como um tratado cientifico ambulante e vivo, no qual no permitido riscar ou corrigir uma silaba sequer, ainda que o tempo o haja habilitado a rever e a renovar muitas coisas. Assim acreditais haver superado toda superstio e vos encaminhais para as teorias cientificas, que levam a crena da morte total e a absoluta invalidao do homem.
No queremos aqui repetir que, de nossa parte, reconhecemos esse erro h mais de 10.000 anos, persuadindo-vos de que, na realidade, as coisas mudaram. Mas queremos exortar-vos a refletir mais profundamente sobre quanto fizestes at agora, deixando de vos fiar nas normas de uma tradio cientifica, normas que vigoram protegidas por leis decrepitas.

Com que superficialidade olhais aquele perigoso vocabulo que se chama superstio! No tendes idia de quanto vos tornais ridculos dessa maneira! E vs, doutos e sabios, que vos negais a acreditar nos fenomenos transcendentais, por que, no fim do ano, na noite de So Silvestre, comportai-vos de modo to pueril, procurando desvendar o futuro? Por que sois to supersticiosos? Que contradio em vossa conduta! O quanto seja dificil abandonar velhas e falsas concepes, demonstra-o nestes tempos modernos uma s palavra - ATOMO. Escolhestes a palavra ATOMO para significar uma indivisivel unidade material. Todavia, hoje sabeis que essa unidade no existe. Sua dissoluo e transformao pertencem somente a esfera da ao divina. Embora, porem, tenhais um timido respeito como de coisa inconcebivel, diante dessa descoberta, a palavra permanece a mesma.
Igualmente, os conceitos sobre mortalidade da Alma foram ha muito tempo superado. Mas preferis pensar que tudo morre, e no quereis desligar-vos de tradies perigosas, qual a pedrinha que procura no cair de seu nicho. No admitis, absolutamente, que quase a metade da ciencia academica foi elaborada em vo. Ento por que vossos estudantes de Fisica evitam a palavra DEUS? Simplesmente porque no podem us-la sem que professor enrugue a testa, fazendo com a mo direita um gesto de desprezo. Um ensinamento ateu, acompanhado por mimica e gestos, destinado a impressionar muito mais do que qualquer dissertao. De que formas podero conceber o Universo e suas Leis de existencia esses estudantes mal orientados? Um dia juraro falso em nome de DEUS e com toda a leviandade, pois a palavra DEUS no tem para eles nenhum significado.

E que entendestes com a palavra "Alma"? Mediante acrobacias cerebrais tentastes anular esta expresso. Anexastes toda a inteligencia e cada procedimento perceptivel apenas ao cerebro material. Embora procureis esconde-lo, nutris um grande respeito pelo inconcebivel trabalho que se processa na materia cerebral.

Segundo nosso conhecimento cientifico, este processo claro e justo. Mas no a ultima concluso sobre a existencia do homem. O homem material, com todos os seus rgos, seu sangue, sua carne, seus ossos e nervos, em suma, cada particular celula possui uma exata DUPLA-FORMA ou modelo, amostra que adere passivamente a figura fisica, a qual, ao mesmo tempo, assegura a existencia vital e que no momento preciso em que se der a morte, torna-se ativa (de passiva que era), assumindo todas as funes vitais que o corpo abandonou. A fora espiritual, com a Inteligencia e a consciencia incluidas, passa do corpo visivel para o corpo invisivel (o astral). D-se uma ciso ou corte com troca de energia, como acontece com os Infusarios.
Somente uma Inteligencia pode predeterminar uma meta e procurar atingi-la conforme o metodo correspondente e preestabelecido. Uma natureza desprovida de inteligencia no pode propor-se a idealizar um programa, visto ser destituida de vontade propria. Ela guiada do exterior.

Quando vos observamos, nossa impresso de estarmos num mundo povoado de crianas inexperientes. Crianas sem pais. Por que no vos foram criadas leis bsicas a fim de vos proporcionar um conhecimento razovel? Pelo contrario, criastes um grande numero de leis, ou regras de jogo - certos jogos, entretanto so ilusrios e nocivos.
No existe em todo o Universo um grozinho de p ou uma celula de energia que no sejam dirigidos ou guiados por uma Inteligencia sobrenatural. Desejamos dar-vos, a propsito, um unico exemplo que vos persuadir?: Trata-se do esperma do homem. Ocupastes-vos a fundo sobre o assunto. Colocastes nele todas as Leis da hereditariedade e a fora vital. Referimo-nos a teoria dos CROMOSSOMOS. Nessa minuscula celula no existe nenhuma lei; ela um embrio vegetativo que reage a ordens celestes e imateriais. Esse pequenissimo embrio de essencia divina age imediatamente a qualquer impulso do espirito e se divide, dando forma a dois embrioes, de essencia divina. H, entretanto, entre os dois, uma diferena, pois cada embrio guiado por um espirito vital distinto. Este espirito vital poderia ser comparado a um vivo "Rob de DEUS". No nos dado explicar melhor tal conceito em vossa lingua, em vosso Idioma (*).

Existem no homem perto de oito bilhes de embries com o mesmo numero de "espiritos vitais", cuja tarefa salvaguardar todas as funes do corpo humano. So uma espcie de minusculos "robs" que agem somente movidos pela Vontade do CRIADOR. Existem, alm destes, mais outros trilhes de espiritos vitais que guiam outras formas de materia. Aquele que com sua inteligencia e fora de vontade conseguir influenciar tais minusculas Inteligencias, subjugar a materia, podendo tambem transmuta-la (**).
Tambem a Alma humana o receptculo de bilhes de particulas espirituais, exercendo cada uma funo diferente: todas juntas completam-se e protegem-se, como acontece com um povo e a Humanidade. Nenhuma dessas particulas pode dizer: "No estou contente com minha funo, desejo ser uma particula do corao, mas, no entanto, sou uma particula do movimento!"

Ai, porem, se nessa comunidade no reinar a harmonia e a concrdia, pois um semelhante caos pode ocasionar dentro da Alma uma espcie de rebelio com graves conseqncias: Todo corpo se adapta, segundo a Alma.

(*) Esta recepo foi para ns muito dificil de compreender. Nota do editor.
(**) Acreditamos que, com isso, ASHTAR tenha querido dizer que cada tomo guiado e obedece a uma inteligncia, que o Criador elaborou para esse fim. Nota do editor.

coisa maravilhosa e sempre interessantissima estudarem-se profundamente tais fenomenos. Entretanto, permaneceis sempre limitados dentro de estreito beco sem saida, oportuno, para vs, porque vos achais ligados a um DEUS biblico, que nada tem a ver com o VERDADEIRO DEUS CRIADOR. Queremos apenas induzir-vos a raciocinar de maneira mais lgica e se seguirdes nossas sugestes e indicaes, uma felicidade imensa invadir vosso animo.

Todo o Bem e o Mal da Humanidade desse Planeta acham-se nas mos da cincia, que responsvel pelo que ocorre e no, como erroneamente se cr, nas mos da Politica.
Nenhum homem pode intitular-se sabio, ainda que possua diploma ou outros titulos, mas somente se tiver f em Deus e na Sua Criao. O Padre Pio, atravs de suas curas o demonstrou.

A ciencia terrestre no est ainda em condies de dar a Humanidade uma resposta sobre o sentido da existencia. Mas no desejamos discutir sobre isso. A vs deixaremos esta incumbncia.

A ciencia da Terra sempre evitou propor-se a si mesma tal questo sobre a existencia, visto que apenas aprofundando-vos neste pensamento chegareis logo a f em DEUS. Por isso a cincia prefere no tocar na tecla. E como a ciencia nao tolera haja um entre vs que creia em DEUS, cala-se, temerosa de que a F ocasione uma reviravolta em todas as coisas.
Que significado tem a existncia terrestre do homem?

O homem deve aprender e demonstrar que sabe administrar com discernimento e zelo o Bem terreno que lhe foi confiado. Mas se dele abusar, danificando-o, destruindo-o, estar dando prova de mau uso da confiana que DEUS lhe proporcionou e, por fora da Lei divina, descer cada vez mais baixo, a fim de ser submetido a provas ulteriores. Somente quando ele se tornar fiel colaborador de DEUS, honesto administrador, justo negociador, ser-lhe-o conferidas tarefas mais altas para as desenvolver no campo da Criao. Eis o esclarecimento relacionado com o sentido da existncia humana na matria.

No Universo no existe nenhuma coero, a menos que provenha de inteligencias negativas. Por isso, o homem dispoe do proprio livre-arbitrio. Ao mesmo tempo, entretanto, lhe dada uma espcie de apoio, que o possa guiar no justo caminho. Tambem ns, habitantes de OUTROS PLANETAS, no podemos constranger-vos, mas unicamente mostrar-vos o bom caminho.

Recomendamo-vos, todavia, que progridais o mais depressa possvel, no sentido cientifico, no caminho que vos indicamos. Mediante a colaborao de todas as naes, dever-se-ia tomar a deciso de destruir completamente todo o negativo e decrpito depsito das Bibliotecas universitrias e estatais, a fim de que os jovens, em sua Alma, encontrassem lugar para noes e doutrinas positivas. Quando um estudante deixa a Universidade, est com o crebro cheio de enorme quantidade de nmeros, dados e teorias que de nada lhe servem, e que limitam o seu raciocnio. Tornou-se assim um ser espiritualmente enfermo, devido ao seu saber, que, no entanto, bem pouco lhe valer. Certamente, existem tambem ensinamentos positivos que o ajudam, mas o estudo universitario possui apenas 50% de seu valor. Assim o estudante troca a absoluta verdade pelos mais graves erros e acolhe mal os que lhe desejam demonstrar os erros.
ISTO SIGNIFICA ESTAGNAR-SE OU PARAR NUM PONTO MORTO DE MODO PERIGOSISSIMO! INSISTIMOS EM VOS POR EM GUARDA!

A doutrina para ns mais importante esta: Uma CRIAO Inteligente provem de um CRIADOR inteligente. Uma vida organica provem de um organismo. Um espirito provem de um ESPIRITO-PAI. Uma consciencia provem de uma superconsciencia. Um reino terrestre provem de um reino sobrenatural. Uma luz provem de um sol. Uma Inspirao luminosa provem de DEUS.

Uma materia provem de um dispensador de energia. O ESPIRITO ABSOLUTO CRIADOR a sintese de todas as coisas existentes, Cada existencia tem a sua origem. Cientificamente pensando, ela torna a reunir-se somente com sua origem. A origem o GERADOR. Assim nosso ensinamento que no filosofia, nem teoria, proclama:
Como tudo se move e continua a evoluir, quer dizer, guiado de maneira inteligente, tudo emanao de uma "INTELIGNCIA". Ela o "GERADOR". Tudo que existe seu "fruto".

***
Paz em todo o Universo, a Paz esteja convosco!

"No podemos considerar a Terra como a unica expresso de toda a Criao. preciso tomar em considerao todo o Universo. Vossa inteligncia no pode ser vista nem medida. Ma se manifesta unicamente atravs de sua exteriorizao ativa, por meio do corpo fisico. Entretanto, nega-se a consciencia quando esta no mais se encontra com a possibilidade de se manifestar atravs de seu prprio instrumento (corpo fisico). Este erro demonstra uma pueril ignorancia, pois se a inteligencia no mais pode manifestar-se tangivel e fisicamente, isto no significa que no continue a existir. Em muitos casos, entretanto, poder manifestar-se, isto , quando tiver a sua disposio um Instrumento fisico estranho, mesmo em medida limitada, como no caso das comunicaes telepaticas. Mediante observaes e experiencias milenares pudemos compreender onde se acha o verdadeiro ponto fraco no qual se aninha o erro que poe obstaculo em vossa evoluo.

O homem terrestre por atavismo inclinado a no reconhecer os prprios erros. Quando seus enganos so discutidos em publico, defende-se com mentiras incongruentes. Tal comportamento demonstra mais do que Ignorancia; ele qualificado - usando vossas proprias palavras - de estultacia.

Designais, porem, vossas estultacias por meio de falsas definies. Esse erro no , absolutamente, irrelevante, inclui a mentira e no deve ser subestimado. Ao contrario, to perigosa essa estultacia, que apontada como o mais grave perigo que ameaa os homens e toda a Criao divina; no reconhecer os prprios erros significa perpetu-los e agrav-los. Isso impede a evoluo, o progresso para o aperfeioamento. Este o verdadeiro motivo por que vimos a vs com esforo imenso: a perigosa estupidez deve ter fim no vosso Planeta, antes que ponha em perigo todo o sistema solar.

Vossos estudantes e psiclogos ainda no tomaram em considerao essa causa de runa. Diz-se simplesmente: "aquele um estupido ou um tolo", querendo-se dizer que no se acha suficientemente desenvolvido e assim no poder aspirar na vida seno a um papel insignificante e subordinado. O homem tolo no tomado a srio porque o julgam com falta de inteligncia. ERRO!

A estupidez usa a inteligencia de modo negativo e errado. A estupidez pode ser extremamente astuta e enganadora, no conhece escrupulos e no se deixa demover de suas opinies, renega a DEUS, considera malignamente a vida e os bens do prximo; destruiria tudo, inclusive o prprio ser. Promove guerras e fabrica para este fim as mais poderosas armas, inventa e monta bombas atmicas, tece perigos que se entrelaam por todo o globo terrestre e envolve a cincia por meio de astuciosas sutilezas. A estupidez humana, em sua ilimitada brutalidade e negatividade, sobrepuja a filosofia e a chamada sabedoria ou sapincia. No existe defesa contra a estupidez, com exceo do supremo triunfo do Universo, que se baseia sobre o conhecimento de DEUS e sobre o respeito a Ordem por Ele estabelecida. Sem esse conhecimento a estupidez ser sempre vencedora sobre essa Terra e seus habitantes.

A estupidez a prova da refinada falsidade da inteligencia humana que dela abusa atravs da Alma. Nas contendas a estupidez abate o homem sbio e prudente, constrangendo-o a sucumbir. A estupidez cientifica da a politica o ensejo para a discrdia. A estupidez poltica abate sem escrupulos todo homem que no saiba proteger-se. A estupidez se nega a ocupar-se seriamente da EXISTNCIA SOBRENATURAL.
Todo individuo estupido extremamente perigoso, um inimigo de toda a existencia, ainda que haja estudado todas as cincias. Emprega todo o seu conhecimento cientfico, filosfico e tcnico para destruir os progressos positivos. Todo delito seja refinado ou grosseiro, uma estupidez. Toda superstio constitui uma estultacia e portanto a negao de nossa verdadeira existncia.

No poderemos libertar-vos das cadeias que vos aprisionam se no"houver de vossa parte uma firme vontade de alcanar este escopo. Podemos somente encaminhar-vos, por indicaes, como fez o proprio Cristo. Apenas poderemos esperar encontrar entre vs algum que nos ame e nos apoie. Anunciamos os desejos do SENHOR, sobre o Monte Sinai e os de CRISTO em Ftima. Essas mensagens, entretanto, acompanhadas por fenomenos maravilhosos, foram falsificadas, destruidas ou postas sob sigilo pelos homens terrenos, os chamados servos de Deus. A propria proclamao do fenomeno foi desfrutada com escopo egoista. Onde a verdade suprimida, erige-se um dogma.

A cincia, em sua presuno, coloca-se perto da teologia sem ter coragem de critic-la visto que, entre ambas, quanto a enganos relacionados com o divino, no existe diferena. Tambem a ciencia encontra logo um dogma complicado a fim de sufocar a verdade. Entretanto a ciencia ensina os povos e, a gente nela tem uma cega confiana. Proclama-se solenemente: "NAO EXISTE VIDA DEPOIS DA MORTE", e ninguem ousa duvidar dessa assero. Uma assero acha-se bem distante de ser uma constatao.

Anunciamo-vos que esse dogma um grande e perigoso erro.

Transnmitimo-vos a Palavra de DEUS como definitiva explicao de todo o Universo. Aquele que duvidar est impossibilitado de ter opinio prpria e um deficiente. Como j dissemos, a estupidez o inimigo mais perigoso de toda a existncia concreta.

A ciencia e a teologia no se diferenciam entre si na inteno, mas somente em sua maneira de interpretar.
Segundo a Lei de DEUS so protegidos e encorajados os que buscam DEUS, e no aqueles que o negam.
No tendes idia de quantos buscadores de DEUS existem entre os comunistas! Dentro de um sistema autoritrio e diablico? lhes proibida a f em DEUS. Quem ali tenha encontrado a verdade dever comunica-la em segredo ao Irmo, buscador de DEUS, com puro sentido de amor.
O lema de NOSSA ciencia o seguinte: "Reconhece DEUS e depois a ti proprio antes de tentares conhecer todas as outras coisas; do contrrio, teus Juizos estaro errados. Guarda bem em mente: todo juizo errado atentar contra tua vida e a do mundo"!

A ciencia tem seus doutos, que provem dos estudos. Ninguem pode ler no proprio corao, seno as Inteligencias Espirituais. Mesmo que toda a sua doutrina consistisse em mentiras e enganos, aquilo que afirmam TABU e a incensurvel sabedoria a demonstra com o preto no branco. Dobram-se diante dessas autoridades academicas no s os povos mas, igualmente, todos os Reis e seus ministros.

Se um cientista publica sua opinio pessoal ou exprime uma suposio sua, isso considerado como um acontecimento cientifico digno de ser difundido.
Mas quando um cientista descobre verdadeiros conhecimentos, os quais, porem, nao seriam vantajosos a interesses da nao, so mantidos em segredo e pouco a pouco esquecidos. So fatos que devemos desaprovar fortemente. Assim, por exemplo, os mdicos sabem ser o vicio de fumar um delito muito grave contra a saude. Mas eles proprios fumam e morrem lentamente como todos os outros.
A influencia perigosa da nicotina nas veias prejudica igualmente o trabalho do cerebro. Os medicos e os estudantes de medicina ignoram que o trabalho do cerebro depois da morte do corpo fisico, continua no corpo espiritual.
E que sucede ento?

Por: ASHTAR SHERAN

Matria piblicada no site somos todos um


 Comentários antigos (Total: 2 )

São verdades que não alcançam as pessoas que deveriam ler, aquele "pblico alvo"


Eu sou parte do "pblico alvo". Mas não penso como a maioria dos cientistas. Sempre acreditei em Deus, e também acho uma burrice separar ciência e espiritualidade. Desde pequena tenho certeza de que esses dois caminhos sempre ficaram juntos.
Muitos dos meu colegas d trabalho também acreditam nisso. E gostaria que os entendidos da ciência q estão na espiritualidade nos orientasse mais a nos desvenciliarmos de conceitos universitrios tão retrgrados!


 

Faca um comentario sobre este artigo






 [] Cmara aprova Dia Nacional do Espiritismo
 []
 [] Deus no te Fez para sofrer!
 [] Eu fiz 5 mil abortos - Aborto
 [] Como doar sem ter?
 [] Sem aceitar o sofrimento, no encontramos a felicidade
 [] Suicidio
 [] Planejamento Reencarnatrio
 [] Recriando o paraiso na terra
 [] Introduo
 [] Mensagem de Ashtar Sheran Terra
 [] As contradies da Biblia
 [] Cmara aprova Dia Nacional do Espiritismo
 []
 [] Deus no te Fez para sofrer!
 [] Porque pais matam filhos
 [] Florilgio Natalino
 [] Evangelho no lar
 [] Tragdias coletivas: por qu?
 [] Doena - como enfrentar?
 [] Divulgao da doutrina - O Dever da Propagao
 [] Carinho, Porque e quanto pagar por ele?
 [] A dor de Jesus
 [] Splica
 [] T me capturaste, Senhor
 [] Sananda: Sua histria atravs de Ashtar Sheran e Athena